quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

AS LUZES DE NATAL







Veja como são bonitos os palácios 
E veja como são pobres os campos, 
O quanto estão vazios os celeiros dos camponeses 
Enquanto os bem-nascidos usam ornamentos 
Ocultando armas afiadas. 
E, quanto mais eles têm, mais eles tomam, 
Como pode haver homens como esses, 
Que nunca têm fome, nunca têm sede, 
E ainda assim comem e bebem até estourarem! 


Verso 53 do Tao Te Ching segundo Witter Bynner

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

O SERMÃO


“Ai dos que habitam na terra e no mar; porque desceu a vós o Diabo, tendo grande ira, sabendo que já tem pouco tempo! Nos últimos tempos apostatarão alguns da Fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios”.

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

A TROMBOSE


Seu Otacílio amanheceu todo troncho, com uma banda morta, a boca virada prum lado, toda roxa. Quando a dona Mariazinha, a mulher dele viu aquilo, tomou foi um susto com a cena grotesca. O velho tentava falar alguma coisa e só saía uns grunhidos de porco. A situação do velho era calamitosa, diga-se de passagem. A coitada da mulher dele alarmou no meio da rua, pedindo socorro, que era pru mode acudir o marido que tava tendo uma trombose. A casa se encheu de gente querendo ver o seu Otacílio todo inchado dentro duma rede veia, grunhindo qual um barrão e se cagando todim, feito menino novo.

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

HISTÓRIAS DO SERTÃO: AS RUÍNAS ASSOMBRADAS DE COCOCI

Foto do blog de Altaneira

Lá pras bandas de Parambu, cidade dos Inhamuns, no sertão do Ceará, existe uma localidade abandonada chamada de Cococi. Já foi uma cidade, mas hoje é uma vila fantasma, deserta e em ruínas. O povo tem medo até de passar por lá. Diz-se que tem assombração. Depois que anoitece não é bom ficar em Cococi.

ATRAVÉS DA JANELA

​ Como fazia todos os sábados, lá pelas onze horas, onze e meia, o velho advogado chegava ao bar e sentava numa mesa - quase cativ...