sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

O PIERROT E A COLOMBINA

Federico Cantu - Arlequines-1930



Agenor era um homem pacato. Não gostava dessa história de folia. Carnaval para ele era coisa de vagabundo, de gente sem noção. Durante o feriado carnavalesco, Agenor gostava mesmo era de ficar em casa, tranquilo, ouvindo os mozartes, betôvens, xúbertes, óperas e o diabo a quatro. Aquilo sim, é que era música de verdade, dizia ele estufando o peito!

ATRAVÉS DA JANELA

​ Como fazia todos os sábados, lá pelas onze horas, onze e meia, o velho advogado chegava ao bar e sentava numa mesa - quase cativ...